Notícias


Teve início a 41ª Coxilha Nativista

Com o tema “A Coxilha Nativista Canta os 200 Anos de Cruz Alta”, o festival iniciou nesta quarta-feira
29/07/2021

Com o tema “A Coxilha Nativista Canta os 200 Anos de Cruz Alta”, o festival iniciou nesta quarta-feira (28), e se estende até o sábado (30).

A Secretaria Municipal de Saúde estará diretamente presente no evento, garantindo a segurança de todos os envolvidos, inclusive com testagem para Covid-19 de todos os intérpretes das 20 canções selecionadas, bem como dos profissionais envolvidos. Além disso, a equipe de Saúde fará, diariamente, triagem com avaliação de sinais e sintomas da doença com todos os envolvidos no evento. Os testes rápidos de antígeno foram adquiridos com recursos próprios do município, que também preparou um protocolo organizado por especialistas com orientações para os participantes durante todo o evento.


Ordem das apresentações:


28/07 (quarta-feira) – Coxilha Nativista Instrumental, com shows de João Vicente; Matheus Alves e Guilherme Goulart;


29/07 (quinta-feira) – Abertura com o projeto Coxilha Instrumental com shows de Lúcio Yanel e Marcello Caminha e Leonel Gomez e 1ª Eliminatória da 41ª Coxilha Nativista, com a ordem de apresentação:


01 – CADEADO / Milonga / Intérprete: Germano Fogaça


L:  Pedro Freitas Flores


M: Germano Fogaça


                                                                                                                                


02 - CANHA COM BUTIÁ / Vaneira / Intérpretes: Cássio Fruet e Fernando Morinelli


L: João Cléber Caramêz e Mauro Colleto


M: Manoel Ramos


 


03 – CHIBIANDO RUMO A CRUZ ALTA / Xote / Intérprete: Dartagnan Portella


L e M: Luciano Ferrera


Arranjo: Marcelinho Carvalho


           


 


04 – DE COMITIVAS E TROPAS / Milonga / Intérprete: André Teixeira


L: Osmar Proença


M: Igor Silveira e Marcelinho Carvalho


 


05 – ENTRE O LAGEADO E A CRUZ / Chimarrita / Intérprete: Fabi Lamaison


L: Bárbara Lopes Moraes


M: Fabi Lamaison


 


06 – GAÚCHO / Milonga / Intérprete: Juliano Moreno


L: Anomar Danúbio Vieira e Juliano Moreno


M: Juliano Moreno


 


07 – MILONGA DE BIBIANA / Milonga / Intérprete: Lu Schiavo


L: Marcelo Dávila e Telmo Vasconcelos


M: Eduardo Monteiro


 


 


08 – NÃO “SEMO” CHAMBÃO / Milonga / Intérpretes: Jorge Abreu e Ricardo Martins


L: Cristiano Medeiros e Jorge Abreu


M: Ricardo Martins


 


09 – NO RUMO DO SANTUÁRIO / Vaneira / Intérprete: Vinícios Hoch


L e M: Fernando Martins Ferreira


 


10 – O BEIJO DO BEIJA FLOR / Chamamé / Intérprete: Manu Macúglia


L e M: Juca Moraes


 


30/07 (sexta-feira) – Abertura com o projeto Coxilha Instrumental, com shows de João Paulo Deckert e Renato Borghetti e 2ª Eliminatória da 41ª Coxilha Nativista, com a ordem de apresentação:


01 – O ENCANTO DAS PULPERIAS É O MESMO EM QUAL QUER PAGO / Milonga / Intérprete: Maria Alice da Rosa


L: Leonardo Borges


M: Volmir Coelho


 


02 – O QUE ME TIRA DE CASA / Milonga / Intérprete: Marcelo Oliveira


L: Eduardo Muñoz e Fábio Maciel


M: Ricardo Rosa


 


 


03 – O SILÊNCIO DA MEMÓRIA / Milonga / Intérprete: Raineri Spohr


L: Diógenes Lopes


M: Juliano Moreno


 


04 – OFÍCIO GAITA E GAITEIRO / Vaneira / Intérprete: Felipe Dias


L: Leonardo Borges


M: Marcelo Holmos, Marcelinho Nunes e Felipe Dias


 


05 – O VENTO É FEITICEIRO / Milonga / Intérprete: Cezar Gomez


L: Cezar Gomez


M: Marcelinho Carvalho


 


 


06 – PEÃO MENSUAL POR OFÍCIO / Milongueado / Intérprete: Cristiano Fantinel


L e M: Jari Terres


 


07 – POR UM TRATADO DE PAZ / Milonga / Intérprete: Nando Soares


L: Volmar Camargo


M: Beto Barcellos


 


08 – PROTAGONISTAS / Milonga / Intérprete: Pirisca Greco, Ângelo Franco e


Lincon Ramos


L e M: Carlos Eduardo Nunes


 


 


09 – REZA CAMPEIRA / Vaneira / Intérprete: Angelino Rogério


L: Jorge Moreira (In Memoriam)


M: Angelino Rogério


 


10 – SE MORRE UM CAMPEIRO / Chamamé / Intérprete: Eduardo Maycá


L: Sinval Araújo


M: Rodrigo Rodrigues da Silva


 


31/07 (sábado) – Abertura com o projeto Coxilha Instrumental, com shows de Léo Soares e Joca Martins e Grande Finalíssima da 41ª Coxilha Nativista.






Fonte: Jornalismo Grupo Pilau

MAIS NOTÍCIAS